As mulheres que fizeram a Revolução Russa

Há cem anos, o estouro da Revolução Russa mudou o curso do mundo para sempre. Pouca gente sabe que, no cerne do movimento, estava um grupo de mulheres. Intelectuais ou operárias, elas estavam na vanguarda das transformações sociais realizadas na década de 1920.

A Revolução Russa, 100 anos depois

O 7 de novembro marca oficialmente o centenário da Revolução Russa, data que não faz mais parte do calendário de comemorações do país, mas marca o momento em que os bolcheviques chegaram ao poder. O impacto do socialismo soviético é tema de uma entrevista especial.

Jornalista americano revela desafios de cobrir governo Trump

O americano Ryan Lizza, da revista The New Yorker, participou do Festival Piauí Globonews de Jornalismo e falou sobre o cenário da profissão em seu país. Em entrevista à TV PUC-Rio, ele falou sobre fake news, futuro do jornalismo e Donald Trump.

Encontro aborda as marcas colonialismo na atualidade

Em encontro realizado pelo Instituto de Relações Internacionais da PUC-Rio, pesquisadores brasileiros e estrangeiros refletiram sobre as consequências do colonialismo para a construção das identidades culturais, raciais e de gênero na sociedade contemporânea.

Negociação sobre a Catalunha é importante para projeto de UE

O plebiscito pela independência da Catalunha pode ser o início de uma rodada de negociações com a Espanha, afirma o professor Mauricio Parada, do Departamento de História. Para ele, o processo não pode ser rápido pois isso não contribui para a estabilidade da União Europeia.

Tráfico humano é uma das atividades que mais cresceu neste século

Por ano, o tráfico humano faz 2,5 milhões de vítimas, segundo dados do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime. O comércio de pessoas movimenta, aproximadamente, 32 bilhões de dólares. Crianças, adolescentes e mulheres são os grupos mais atingidos.

Teólogo catalão fala sobre as ideias do Papa Francisco

O professor espanhol Pié-Ninot participou do I Simpósio Internacional: A eclesiologia do Papa Francisco, no Rio de Janeiro. O teólogo falou sobre a necessidade de renovação do catolicismo e a descentralização da Igreja proposta pelo pontífice.

Estudantes assumem o papel de diplomatas no MIRIN

Alunos da PUC organizaram a XIV edição do Modelo Intercolegial de Relações Internacionais. Jovens do ensino médio se tornaram representantes de um país e tiveram que reunir conhecimento histórico e boa oratória para resolver conflitos diplomáticos.

Especialista afirma que extrema-direita só cresceu na França

Recentemente, EUA e Alemanha tiveram episódios de violência envolvendo movimentos que defendem a supremacia branca, como a Ku Klux Klan e os neonazistas. Para o especialista em relações internacionais Paulo Wrobel, são atos de uma minoria.