Teólogo catalão fala sobre as ideias do Papa Francisco

O professor espanhol Pié-Ninot participou do I Simpósio Internacional: A eclesiologia do Papa Francisco, no Rio de Janeiro. O teólogo falou sobre a necessidade de renovação do catolicismo e a descentralização da Igreja proposta pelo pontífice.

Estudantes assumem o papel de diplomatas no MIRIN

Alunos da PUC organizaram a XIV edição do Modelo Intercolegial de Relações Internacionais. Jovens do ensino médio se tornaram representantes de um país e tiveram que reunir conhecimento histórico e boa oratória para resolver conflitos diplomáticos.

Especialista afirma que extrema-direita só cresceu na França

Recentemente, EUA e Alemanha tiveram episódios de violência envolvendo movimentos que defendem a supremacia branca, como a Ku Klux Klan e os neonazistas. Para o especialista em relações internacionais Paulo Wrobel, são atos de uma minoria.

Avanço do conservadorismo põe a China em nova posição no mundo

Em setembro, a China vai sediar a 9ª Cúpula do Brics, encontro que deve aprofundar a cooperação entre os países-membros - Brasil, Rússia, Índia, África do Sul e a própria China. Um encontro discutiu a importância da participação da nação asiática no bloco.

China e EUA disputam economia na América Latina

A disputa de americanos e chineses pelo comércio latino-americano é antiga. Mas após a vitória de Donald Trump e o avanço do conservadorismo americano, países como a Venezuela, Cuba e a Nicarágua veem na China uma saída para o domínio estadunidense.

O intercâmbio cultural entre China e América Latina

Os chineses foram os primeiros imigrantes a chegarem ao Brasil no século XIX e hoje já são mais de 280 mil espalhados pelo país. Cada mais jovens se interessam pela cultura do gigante asiático, que se tornou uma potência econômica mundial.


Religiosos e políticos discutem questões socioambientais

Com três questões ambientais chave – água, ar e resíduos –, a Arquidiocese do Rio de Janeiro foi palco da segunda edição do Congresso Internacional Laudato Si & Grandes Cidades. Religiosos e políticos se reuniram para discutir aspectos ambientais, sociais e éticos das diversas metrópoles do mundo.


Diplomata avalia política externa brasileira

Em palestra organizada pelo Instituto de Relações Internacionais, o diplomata Gustavo Westmann debateu pontos positivos e negativos da política externa brasileira. Westmann, com base em seu livro, elogia medidas do país, mas critica falta de planejamento.


Disciplina discute situação de quase 66 milhões de refugiados

No próximo semestre, os alunos de graduação poderão se inscrever em uma disciplina que discutirá a questão dos refugiados. Segundo a ONU, em 2016, quase 66 milhões de pessoas fugiram de seus locais de origem por causa de guerras, violência e perseguição.