Programas

Pilotis
Divina Cléo: imortal nas letras e em nossos corações

Para homenagear a nossa Divina Cléo, que completa um século de vida em 28 de agosto, a TV PUC-Rio relembra o programa que conta a história dessa “encantadora da palavra”, “professora perfeita”, como definem seus admiradores. Especialista em literatura portuguesa, Cleonice Berardinelli é imortal nas letras e em nossos corações.

#blogsdeModa

Falar de moda de um jeito simples e intimista. Desta forma, blogueiras estão conquistando fãs pelo Brasil. O programa mostra como funciona esse universo e como ele vem mudando a indústria da moda nos últimos tempos.

Rio da minha infância: Penha

Quem nunca ouviu falar da escadaria da igreja da Penha com seus 365 degraus, do comércio da rua dos Romeiros e do parque Shangai?  A Penha é o tema do novo episódio da série ‘’O Rio da minha infância’’, uma homenagem à cidade que completa 450 anos.

Rio da minha infância: Copacabana

Dona Helena, de 77 anos, Gianlucca, de 6, e Gabriel, de 12, revelam ângulos de Copacabana que só os moradores conhecem, em mais um episódio da série “Rio da Minha Infância”, uma homenagem ao Rio que completa 450 anos.

Rio da minha infância: Ilha do Governador

Paranapuã, Parnapuem, Parnapocu, Paranapicu, Parapecu, Parnapicu, Ilha do Gato, Ilha dos Sete Engenhos... Mas talvez você a conheça como Ilha do Governador. Cercado pela Baía de Guanabara, pontos turísticos – como a Pedra da Onça - e um aeroporto internacional, o bairro é um local muito procurado e rico em cultura e história. A série "O Rio da minha infância" é uma homenagem ao Rio que completa 450 anos. Seu objetivo é revelar as transformações de dez bairros da cidade a partir do olhar de seus moradores.

O Rio da minha infância: Bangu

Quem pensa em calor, logo se lembra de Bangu. Mas não é só pelo clima que o bairro é conhecido. O bairro já foi um importante pólo industrial. Conheça um pouco do local com as histórias de D. Marilda e de Júlia no 4º episódio da série “O Rio da minha infância”.

Rio da minha infância: Rocinha

Quem vê a Rocinha hoje não imagina que lá já teve pomar, cachoeira e até horta. No primeiro episódio da série ‘’O Rio da minha infância’’, seu Alencar e Letícia falam da infância no bairro em épocas diferentes.  A série é uma homenagem aos 450 anos do Rio de Janeiro.

O caminho da cura

De acordo com o Inca, o câncer infanto-juvenil é a principal causa de morte por doença na faixa etária de 1 a 19 anos. O programa “O caminho da cura” conta a comovente história de crianças e adolescentes que lutaram contra a doença e de como é o papel das famílias e o trabalho dos médicos durante o tratamento. 

Rio da minha infância: Santa Teresa

Santa Teresa atrai turistas de todos os cantos do mundo, sem perder o charme e o clima aconchegante. Personagens do bairro, Dona Helena e Pietro dividem o amor por esse bairro do Rio de Janeiro e conduzem o segundo episódio da série ‘’Rio da minha infância’’.